Total de visualizações de página

sábado, 31 de julho de 2010

Pescaria na Billings no Riacho Grande - SP



Fazia tempo, mas atendendo ao convite do amigo Sérgio Leite, fomos conferir alguns dos principais pontos de pesca na região do Riacho Grande.
Partimos da Zona Leste de São Paulo, sentido São Mateus, rumo a Ribeirão Pires, em poucos instantes estávamos na rodovia Índio Tibiriçá. No Riacho Grande fomos até a loja do Nardo, que fica na rua Rio Acima, 300, para repor a tralha e nos abastecermos de informações sobre as pescarias locais.
O Sérgio havia visto na internet vários vídeos no youtube sobre pescaria de lambari naquela região. Em função disto, fomos levados a ver com os nossos próprios olhos como as coisas estavam praqueles lados. O amigo Nardo confirmou a captura de lambaris junto à ponte da rodovia Anchieta na altura do Km 28,5, junto a SABESP. Os amigos pescadores ficam de cima da ponte “jigando” os lambaris e na temporada pegam um atrás do outro.

A visita se deu em 24/07/2010, o tempo se mostrava fechado, com muito nevoeiro e temperatura inadequada para pesca. Tínhamos a nosso favor a vantagem de ver de perto os pontos de pesca sem qualquer dificuldade ante a ausência de pescadores.
Observamos bem a ponte da Anchieta. Podemos concluir que é possível deixar o carro na parte de baixo da mesma e "jigar" sobre ela sem problemas, vez que existe uma passagem de pedestres protegida e destacada da rodovia.

Para relembrar os velhos tempos, seguimos em direção a estrada velha de Santos. Encontramos dois pescadores “jigando” sobre a segunda ponte. Relataram que na época de calor os lambaris fazem a festa e “jigar” com “sabiki” é muito promissor.
Nada obstante, desaconselho a pesca junto as pontes da estrada velha por conta do estreitamento de pista e a falta de segurança do local. Sou amante da pescaria, mas não costumo fazer nada que comprometa a minha integridade física e a dos meus companheiros. Em suma, não arrisque a sua vida pescando sobre as pontes do trecho ora citado.

Em reforço a pesquisa, nos barrancos próximos da ponte havia outro pescador tentando a sorte. Depois do papo, descobrimos que mais adiante seriamos melhor acolhidos, com mais conforto e segurança. Deparamos-nos com o antigo motel. Acredito que muitos amigos já pescaram por lá no passado, porém, hoje a realidade é muito melhor que outrora. O lugar passou a se chamar Pousada dos Pescadores. Bem cuidado e organizado, com muitos tanques para pesca esportiva e pesque e pague. Existem também vários chalés para locação, lanchonetes e infra-estrutura que só um visionário poderia imaginar nos tempos do antigo motel. Enfim, gostei muito de ver a melhora e saber que o acesso da represa é franqueado mediante o pagamento de R$ 2,00, para o estacionamento do carro e mais R$ 2,00, por passageiro.

Ao conferir os pontos de pesca veio a melhor surpresa: um amontoado de tilapeiros ávidos por uma boa pescaria. Fiquei maravilhado com a possibilidade de poder pescar ali novamente, logo, no meu tacanho entendimento não vislumbrava esta possibilidade.
Diante da grata surpresa, o amigo Sérgio ao inquirir um colega extraiu dele o fato de naquela localidade as capturas serem freqüentes e as iscas mais usadas são: milho, massa, capim, bicho de laranja, lambari e minhoca.

O colega salientou serem muitas  as tilápias, lambaris e traíras capturadas pelos colegas pescadores. Notei que as varas utilizadas tinham em média 5 (cinco) metros de cumprimento. 

Terminando, achei o local muito familiar, propício a uma boa pescaria e com pessoas determinadas ao mesmo propósito.
O antigo motel fica na estrada Velha de Santos, Km 36, no Riacho Grande, e o telefone é: 4354-0535. http://www.pousadadospescadores.com.br/
Espero ter colaborado com as informações e aproveito para desejar aos amigos boas pescarias sempre!




5 comentários:

Gabriel Estevan disse...

A pouco tempo atrás resolvi rever os velhos tempos onde conseguia pescar muitas tilápias nesta região, o amigo descreveu o caminho passando pela Rod. Indio Tibiriçá, em Santo André tinham barrancos muito bons, isso a uns 8 anos atrás por que agora está ruim. A Pousada é um lugar tranquilo, encontrei seu blog pesquisando sobre ela, estarei indo lá nesta quarta feira e relatarei aqui o quê "pegou" lá. Abraços!

Clayton disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Clayton disse...

Na oportunidade que estive por lá o tempo não estava bom e aproveitei para pesquisar um lugar seguro. Parei nas pontes para relembrar as muitas noites de pescarias onde a isca principal era a tripa de galinha. Numa delas um colega me indicou a pousada – antigo motel. Lá conversei com pescadores batedores de cartão no local e me garantiram ser bom de pesca. Um amigo esteve lá e gostou, mas falou que só tinha chaveirinho. Acredito que uma boa ceva com telescópicas de 4,5 a 5m ou micro molinete possam ajudar na captura de alguns filés. Poste a sua impressão do local, servirá para avaliação de outros colegas. Abraço e boas pescarias sempre!

luiz carim disse...

Ta muito bom pra pesca de traira drbaixo da ponte da anchita proximo ao ilha de capri. Isca pra pesca lambari vivo pode ir conferi galera recomendo a todos e uma boa. Pescaria a todos

Clayton disse...

Ótima notícia, e a sua postagem serve de referência aos companheiros que desejarem pinchar pela região. Abraço e boas pescarias sempre.